Como escolher uma mochila?


As mochilas evoluíram tanto nos últimos anos e existem tantos modelos à nossa disposição, que compilamos estas Dicas de Uso para facilitar o seu trabalho, na hora de escolher a que melhor lhe servirá.





Mochilas de Uso Diário
• Procure por mochilas que vão de 10, 15 a 35, 40 litros.
• Procure uma com vários bolsos. É uma forma de guardar óculos escuros, cameras e mapas longe da comida e da água.
• As melhores mochilas são aquelas que possuem um painel nas costas, para proteger suas costas e deixar algum espaço livre para a ventilação.
• Mochilas de hidratação (veja Hidrat, ref. ) são uma alternativa cada vez mais popular para um dia de caminhada ou pedalada.
• Alças acolchoadas não são muito comuns mas bastante úteis se a mochila estiver com o peso um pouco acima do indicado.
• Capa de chuva embutida é sempre uma ótima opção!
• É claro que há a opção de cor, formato etc. Mas isso é com você...

Mochilas de Uso Misto
• Procure por mochilas entre 40 e 60 litros.
• Se você for fazer caminhadas mais longas, procure as maiores. Para caminhadas curtas, as menores já servirão. Mas lembre-se que, se ela estiver pesada demais, sua capacidade de distribuição do peso deve ser compatível, ou seja, não adianta querer colocar uma mochila sem barrigueira cheia de todo o material de camping necessário para uma noite ao ar livre. Quem vai sofrer é você!
• Procure mochilas que se ajustem ao seu corpo. Isto quer dizer barrigueiras que fechem na sua cintura e tenham fita suficiente para apertar ainda mais (sem ficar largo! Afinal, é aí que você carregará boa parte do peso). E alças que sejam ajustáveis ou, então, acompanhem a sua distância entre o ombro e o meio dos quadris, onde deverá estar sua barrigueira.
• Mochilas com armações internas são mais confortáveis do que as suas irmãs com armações externas.
• Alças e barrigueira acolchoadas já começam a ser quase fundamentais...
• Bolsinhos, capa de chuva embutida e fitas para você comprimir e guardar material é sempre útil.
• Muitas oferecem saída para mangueira de hidratação e local especial para o cantil flexível. São cada vez mais usados e sempre muito eficientes, já que você não precisa parar de se exercitar para se hidratar.

Mochilas Cargueiras
• Algo entre 60 e 90 litros é o que você encontrará com este nome.
• Mais do que a quantidade de equipamento que você pretende carregar, você precisa saber o que agüenta carregar! Lembre-se que uma pessoa acostumada a trilhas e que esteja bem preparada fisicamente deverá carregar, no máximo, 1/3 de seu peso. Pouco preparo? Diminua para ¼. Sem preparo ou nenhuma experiência? 1/5 e não se fala mais nisso!
• Mesmo assim, algumas coisas precisam entrar na mochila, se você pretende passar uma noite ao ar livre, ou várias. Barraca, saco de dormir, roupas, comida, fogareiro, panelas etc.
• Procure mochilas que sejam do seu tamanho ou que tenham regulagens nas costas, para adequar a distância entre os ombros e os quadris.
• Alças, barrigueira e costas acolchoadas são fundamentais. Você carregará muito peso por longas horas e precisa usar algo confortável...
• Bolsinhos, capa de chuva embutida e fitas para você comprimir e guardar material do lado de fora é muito importante.
• Aqui também muitas oferecem saída para mangueira de hidratação e local especial para o cantil flexível. São cada vez mais usados e sempre muito eficientes, já que você não precisa parar de se exercitar para se hidratar.

Mochilas de Hidratação
• Vai pedalar? Nem pense duas vezes! Esta é a mochila ideal para um dia em cima da bike.
• Elas sempre possuem espaço para algumas coisas fundamentais, como lanterna, anorak, documentos, celular, um lanche etc.
• Estas mochilas também funcionam muito bem para dias curtos nas montanhas. São leves e funcionais, mas não deixe de levar os itens citados acima!






Mais dicas:
• Normalmente, o tecido usado para fazer as mochilas é náilon ou lona de náilon. Costumam ser tratados para repelir a água, mas não são impermeabilizados. Cuide-se durante chuvas, pois elas podem encharcar o seu equipamento.
• Procure SEMPRE uma mochila do seu tamanho, que sirva para você ou que tenha ajustes para fazê-la servir.
• Preste atenção nas fitas situadas na parte de cima das alças. Estas fitas são feitas para aproximar a parte superior da mochila ao seu corpo, para melhorar o equilíbrio. Estas fitas e a barrigueira são fundamentais para o seu conforto.
• Enchimento das alças, costas e barrigueira feitos com espumas firmes, densas, apoiam melhores. Espumas de densidades mais suaves acabam sendo mais macias mas, também, podem ser menos confortáveis depois de longas horas.
• A maioria das mochilas cargueiras possui abertura por cima e pela frente, na parte de baixo, facilitando o acesso aos equipamentos situados no fundo da mochila. Compartimentos que separam o fundo do resto podem até ser funcionais, mas não são fundamentais – dependendo da sua forma de usar uma cargueira, também podem complicar bastante a sua vida, na hora de montá-la.
• Quando for guardar alguma coisa nas laterais das mochilas ou mesmo na parte da frente, como bastões de caminhada, as varetas da barraca, o isolante térmico ou mesmo o sobreteto da barraca, tenha certeza de que a fita está bem firme e que você não corre o risco de perder o equipamento, preso a algum galho de árvore ou simplesmente cair pelo caminho.
• Armações internas são feitas para transferirem o peso da carga. Normalmente, elas são compostas de duas varetas de alumínio e uma placa semi rígida de plástico.

Fonte: Trilhas & Rumos



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.