5 Mitos da Sobrevivência

Apesar do que vemos na televisão sobre algumas questões de sobrevivência, há algumas coisas que são equívocos e pode deixar sua vida em perigo. Então vamos revelar cinco mitos sobre a sobrevivência:
1- Beber sua urina para hidratar!
Nunca! Este é o pior mito sobre a sobrevivência. A urina tem uma elevada porcentagem de sal e outros resíduos tóxicos que poderiam ser potencialmente perigoso, poderia causar aumento da desidratação potável.
2- Em temperaturas congelantes, comer punhados de neve para hidratar!
É fácil acreditar que em um caso extremo de desidratação poderia “comer” pedaços de gelo ou neve que por serágua congelada estaria tudo bem. Isso é totalmente falso!Isso ira fazer com que a temperatura corporal cai perigosamente à hipotermia. Além disso, seu corpo vai consumir mais energia do que o necessário.
3-Se uma cobra te morde, “sugue” o veneno!
Falso! Este é um dos mitos que poderia facilmente colocar sua vida em risco. Isso irá rapidamente fazer com que a transmissão de bactérias infectem a ferida e a corrente sanguínea, parte mais perigosa. O que você deve fazer é se acalmar (diminuir a freqüência cardíaca), limpar a ferida. Se possível, tente identificar o tipo de cobra, será de grande utilidade para os médicos.
4-Se encontrar um urso, movimente suas mãos e grite!
Embora encontros com ursos selvagens são extremamente raros, deve sempre estar bem preparado para reagir da melhor maneira para qualquer eventualidade. Gritar e mover os braços pode assustar o urso que se sentirá ameaçado e irá atacar direto você. A melhor coisa a fazer é sempre manter a calma, estar atento ao ambiente, levar um gás ou spray de pimenta.
5- Se for preciso caçar, pode comer a carne crua!
Esse mito é muito popular, especialmente em programas de televisão que abordam questões de sobrevivência. Comer carne crua envolve um grande risco para a saúde de qualquer pessoa, você pode obter diferentes tipos de doenças e bactérias que podem desencadear uma série de falhas no corpo e até a morte.
AVENTURE-SE!
GUEPARDO
Fonte: 
www.guepardo.net (Fale conosco: 0800 646 5687)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.